quinta-feira, 31 de julho de 2014

Maratona Literária 1.0


Oi gente...
Não é segredo pra ninguém que minha pilha de livros para ler é imensa.
Eu preciso diminui-la lendo esses livros.
Mas eu tenho um ritmo muito lento de leituras. Por essa razão eu bolei essa maratona de ler 4 livros ou mais em uma única semana.
Eu somei aqui e a s páginas totalizam 1230.

P.S: Provavelmente eu vou mudar os títulos quando pegar para lê-los, pois não vou ficar lendo um livro que não me interessa ou que não esta fluindo. 

Os livros que eu escolhi, inicialmente, para ler foram:

- O Príncipe da Névoa - Carlos Ruiz Zafón (180 páginas)
- A Cidade do Sol - Khaled Hosseini (364 páginas)
- As crônicas Marcianas - Ray Bradbury (302 páginas)
- Um Caso Perdido - Collen Hoover (384 páginas)

Eu precisarei de ler mais ou menos 175 páginas por dia para concluir essa maratona com sucesso.
Eu espero consegui :).

Vou começar a maratona na próxima segunda, dia 04-08-2014 e ela vai até o dia 10-04-2014.
No dia 11 eu conto o que consegui ler. Beleza?

Segue algumas imagens dos livros que vou tentar ler:




quinta-feira, 24 de julho de 2014

#Top 5: Livros para ler nas férias.


Fala ae gente. Como estão?
Hoje eu vim postar mais um Top 5.
O tema do Top 5 de hoje é o de livros para se ler nas férias.
Uma observação: Eu não coloquei HP porque se o colocasse eu ficaria bem repetitivo rs. Vontade não faltou rs.
Um aviso bem rápido: Só vou postar agora na quarta que vem, pois terei de viajar e só vou voltar na segunda e depois teria de arrumar algumas coisas por aqui. rsrs

Mas, vamos à post então.

#1- Percy Jackson e os Olimpianos por Rick Riordan 

Todo mundo já esta  abusado de ouvir falar de Percy Jackson rs. 
Mas ele é realmente um bom livro para se ler nas férias. Eu terminei a saga a algumas semanas e por coincidência estava de férias. Logo mais falo sobre o que achei dos livros.


Imagem: Amora literária

#2- O Único e Eterno Rei por T. H. White

Qualquer novela de cavalaria é perfeita para se ler nas férias, mas eu sempre falo de As Brumas de Avalon e deixo de lado uma outra novela que gosto muito que são os livros do T. H. White conhecidos como a saga do "Único e Eterno Rei". Hoje em dia, só temos o primeiro e o segundo volume à venda no Brasil. Cruzemos os dedos para que os outros volumes sejam relançados logo. rs

Primeiro volume da série. Imagem: Google.

#3- O Meu Pé de Laranja Lima por José Mauro de Vasconcelos

Esse livro é muito bom. É infantil e tocante. É maduro e precisamente emocionante. Eu já fiz uma resenha sobre o livro e lá conto o que acho. Confira a resenha clicando aqui.


#4- As 100 Melhores Histórias da Mitologia por A. S. Franchini e Carmen Seganfredo

Eu sou fissurado em mitologia, principalmente Greco-latino.
Quando criança eu li esse conjunto de lendas e mitos e gostei bastante. 
Fica aí a dica.


#5- Um Dia por David Nicholls

E é claro que nas férias não deve faltar um bom livro de romance mais "meloso".
Eu não sou um fã desse tipo de livro, mas eu gostei muito desse. 
E também gostei do filme. Então fica a dica do livro e do filme.


Uma cena do filme ^^'


Então era isso gente.
Abraços e até a próxima. 

terça-feira, 22 de julho de 2014

Resenha de "O Céu Esta Caindo" por Sidney Sheldon.


Olá queridos leitores. Como estão?
Espero que bem!

Hoje eu lhes trago uma resenha bem curtinha sobre um livro daqueles que você lê em um minutinho (tô exagerando kkk).
O livro é o "O Céu Está Caindo" do Sidney Sheldon, um dos melhores romancistas policiais que já escreveram sobre essa terra. rsrs
Já antecipo que gostei do livro. Não é o melhor dele, mas ainda assim é muito bom!!! Confirma detalhadamente lendo a resenha que se segui.
                                                                
Resenha

O livro é um spin off de um outra obra do Sheldon que se chama "O Plano Perfeito" e conta a vida de um personagem muito querida que se chama Dana Evans. 
Dana é uma jornalista que conhecemos em O Plano Perfeito. Ela cobria uma guerra em Sarajevo, na Bósnia e lá adotou um menino que se chamava Kemal (menino muito irritante, por sinal)

Dana ficou bastante conhecida nos jornais e entre os telespectadores. Mas, o espírito desbravador e justiceiro de Dana voltaria a tona depois que os membros de uma imponte família americana passariam a morrem. Um seguido do outro. Sem deixar pistas. Mortes "aparentemente" acidentais. 

Dana passou a desconfiar de tais mortes. Seriam mesmo "mortes acidentais"? Ou essas pessoas foram vítimas de um assassinato bem planejado? 

Todos em volta de Dana passaram a alegar que ela enlouquecera. Era absolutamente loucura dizer que uma família tão perfeita e bem vista fora vítima de assassinato. Não convencida dos argumentos apresentados por todos, Dana passa a buscar todos os meios para provar sua teoria. 

E é aí que o perigo mora.

Dana enfrenta muitos problemas para descobrir a verdade. Quem seria o assassino? Será que realmente aconteceu algum assassinato? 

Outra edição publicada no Brasil. Imagens: Google
         
Minha Opinião
O livro é muito, muito bom. 
Daqueles que deixam o leitor apreensivo e esperando logo que o fim chegue para desvendar os mistérios em torno da narrativa e ao mesmo tempo não deseja o fim do livro, pois a leitura te deixa apreensivo. 

Não é o melhor livro do Sidney, tem lá seus clichês e seus "lugares comuns". Mas no geral é um livro que recomendo para aqueles que querem ler uma coisa mais light. 

Dei 3 estrelas para o livro.


Então, era isso pessoal. Até a próxima õ//


domingo, 20 de julho de 2014

Poesia: Ato da verdade.


Hoje, nesse domingo de Julho, venho trazer-lhes um poema que eu mesmo escrevi.
Escrevo poesias sempre que sinto a necessidade. No entanto, eu nunca mostrei a ninguém. Alguns até leram, mas eu não disse que havia sido eu que os escrevi. 
Hoje, porém, eu meio que quis mostra-los aqui no blog. 

Farei isso sempre que desejar.
Como já perceberam, eu sempre posto 4 ou 5 poesias no mês. Sempre nos domingos. 
Talvez eu tire um desses domingos e posto  uma das poesias que escrevi ou algum texto/conto/memória escrita por mim. Beleza? 

O poema que escolhi para esse domingo foi o "Ato da verdade". Um poema que fala de quão incerto e indireto são nossas ações e como todas elas acabam sempre em um mesmo lugar. Talvez na dúvida ou na verdade. Mas nunca na certeza...
Sempre escrevo textos assim.
São devaneios meus que julgo de escrita necessária. Talvez para meu próprio psicológico.

Mas vamos ao que interessa. Leiamos a poesia!


Ato da Verdade

Subjugado pela experiência sensitiva
Eu, homem comum, caminho livre
Sobre a estrada da vida viva.

Às vezes nos desconcertos dos momentos
Aqueles rústicos. Maçantes
Desaguam sua fúria sobre os quatro ventos...

E então sou atingido 
Vivencio o que não desejava 
Percebo, porém, o quão só me sinto.

Agora as dores me consomem
Internas e profundas.
Aos poucos percebo que minha alma some

E por mais sincero que sou
Acabo entendendo que o pior de tudo
É ouvir essa voz.
E saber que já não sei para onde fui ou vou...

M. C. 17-07-2014 

sexta-feira, 18 de julho de 2014

João Ubaldo Ribeiro: ✶ 1941 - ✞ 2014.


Hoje é um dia de luto.
Não sei se já sabem mas hoje, dia 18-07-2014, o nosso queridíssimo João Ubaldo Ribeiro veio a falecer.

João Ubaldo Ribeiro é mais conhecido por ter publicado a obra Viva o povo brasileiro. Um livro que li e pude comprovar o quão fantástico é. Ele era membro da Academia Brasileira de Letras e era dono da cadeira de número 34.

Hoje o mundo literário chora a perda desse grande homem. Hoje a Bahia, minha terra, chora aflita pela morte de um de seus mestres.
Ubaldo era autor, jornalista, pai, um professor baiano e acima de tudo um grande homem que merce respeito e considerações pela grandiosa obra escrita.

A humanidade rende agradecimentos para esse homem. Sem dúvidas, sairá de cena com uma salva de aplausos. Abençoado fomos nós que podemos conhecer um pouco dessa pessoa incrível por meio de seus escritos.

A página oficial da Academia Brasileira de Letras postou sobre a morte de João Ubaldo Ribeiro:

"Morreu hoje, em sua casa no Leblon, Rio de Janeiro, o romancista e Acadêmico João Ubaldo Ribeiro. O escritor sentiu-se mal durante a madrugada e faleceu às 5h, de embolia pulmonar. O velório será no Salão dos Poetas Românticos da ABL, a partir das 13h.

Logo ao tomar conhecimento do falecimento, o Presidente da ABL, Acadêmico Gerado Holanda Cavalcanti, determinou o cumprimento de luto por três dias, que a bandeira da Academia seja hasteada a meio mastro e declarou:

“É uma grande perda para a Academia, para o romance e o jornalismo nacionais. João Ubaldo Ribeiro deixa uma obra de excelência. Estamos todos muito chocados com a notícia”.

João Ubaldo deixa viúva Berenice Ribeiro, os filhos Bento e Francisca; e Manuela e Emília, do primeiro casamento."

http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=16400&sid=1015

O Homem físico se foi. 
Nos resta agora as lembranças que o tempo não há de apagar. 

Viva o povo Brasileiro.
Viva a nós todos. 
Viva a João Ubaldo Ribeiro.... 

#TAG: Doenças Literárias.


Fala ae leitores. 
Como estão? 
Faz um tempo que não posto nenhuma Tag aqui no blog, mas hoje eu vim responder a essa TAG chamada de "Doenças literária". 
A Tag consiste em relacionarmos livros a doenças. Meio estranho, né? Então, continue lendo e entenda como funciona. 

Então, vamos lá...

Diabetes: Um livro muito doce.

Não gosto de coisas e livros melosos, tanto que o único livro muito meloso que me lembro de tentar ler foi o Uma Curva na Estrada. Eu TENTEI, porque abandonei lá pela página 100. O livro é muito meloso e chato. Quando o livro começa a ficar muito "clichê" e meloso eu deixo de lado e vou ler outra coisa.Sinceramente não gosto dos livros do Nicholas Sparks.




 Catapora: Um livro que você pegou para ler e nunca 
mais vai  pegar de novo.

"Macunaíma- O Herói sem nenhum caráter" é dono dessa posição. Eu não sei se gosto ou detesto esse livro. Não gostei da escrita do autor, não gostei do personagem e muito menos da história. E não por ser um clássico mundial (eu leio muitos clássicos) a questão é que eu não entende a proposta do livro. Tipo eu terminei o livro e fiquei assim meio abalado sem entender o porquê de ter iniciado aquele livro. Por hora eu não espero ler esse livro novamente. Quem sabe no futuro?


Ciclo Menstrual: Um livro que você relê constantemente.  

Em primeiro lugar, ciclo menstrual não é doença. Mas, vamos a pergunta. Um livro que eu volta e meia releio é o Poemas Completos de Alberto Caeiro que é o meu livro favorito do Fernando Pessoa. 


Gripe: Um livro que se espalhou como vírus. 

A resposta dessa pergunta é muito óbvia. A culpa é das estrelas é um livro "Gripe". Todo mundo fala do livro, lê o livro, vê o filme. Parece até que implantaram um vírus mesmo. rsrs



Asma: Um livro que tirou seu fôlego.

Qualquer volume da saga "As Brumas de Avalon" me tira o fôlego. Isso porque eu sempre fico pensando no que vai acontecer com determinado personagem (principalmente Morgana). Quando a situação fica muito difícil eu fico fissurado no livro que só vou dormir quando acabo descobrindo o que de fato aconteceu. 



Existe um filme sobre os livros... Eu estou muito ansioso para ver o filme, mas só vou fazer isso quando terminar de ler os livros HAHA. 


Uma cena do filme <3.

Insônia: Um livro que te tirou o sono.
Ratos é o meu livro insônia. Eu li o livro em um suspiro. O livro é muito bom e o melhor de tudo é que eu não dava nada pela leitura e quando li fiquei muito surpreso. Eu irei relê-lo e farei uma resenha falando direitinho sobre o livro. 


Amnésia: Um livro que você leu mas não se lembra muito bem.

Meu livro Amnésia é O Tronco do Ipê. Me lembro de ter gostado bastante desse livro do José de Alencar, mas eu sinceramente não lembro de quase nada da história em si. Eu li esse livro na 6° série, o que já faz quase 5 anos..


Doenças de Viagem: Um livro que te leva pra outra época/ mundo/lugar.


E é claro que essa resposta não poderia ser outra. 
Sim!!! Harry Potter é o livro que me leva para outro mundo, outra terra e outra realidade.
Volta e meia eu me pego relendo trechos só pra voltar as "origens" rsrs...


Então era isso pessoal...
Até mais e tchau, tchau. 

domingo, 13 de julho de 2014

Poesia: Bem no fundo por Paulo Leminski.



Paulo Leminski foi escritor, crítico literário, tradutor e professor. Sua vasta obra é variável e enigmática.
Escreveu poesia, prosa, ensaios e biografias.  

O poema desse domingo, 13-07-2014, é desse grande mestre da literatura brasileira e mundial. 
O nome do poema escolhido é "Bem no fundo" e nos mostra um pouco da visão do poeta sobre o quanto as dificuldades afetam nossa construção pessoal. 

Confiram o poema...


Bem no fundo

No fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
a gente gostaria
de ver nossos problemas
resolvidos por decreto

a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
é considerada nula
e sobre ela — silêncio perpétuo

extinto por lei todo o remorso,
maldito seja quem olhar pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
e aos domingos
saem todos a passear
o problema, sua senhora
e outros pequenos probleminhas.

Então, era isso pessoal. 
Até a próxima postagem!
Abraços. 



sexta-feira, 11 de julho de 2014

Resenha de Harry Potter e o Enigma do Príncipe por J. K. Rowlig


Como estão, leitores?
Hoje eu enfim vim fazer aquela prometida resenha de Harry Potter e o Enigma do Príncipe.
Esse é disparadamente o livro que mais gosto da saga e é também o livro que eu mais tenho um problema ao ler. Mas eu vou explicar tudo (tintim por tintim) lá no meio da resenha. Bora lá?

Mas antes... Deixe eu explicar o porquê de não ter feito essa resenha antes. Eis o motivo:

CHOQUE EMOCIONAL NA LEITURA DO LIVRO.

Sim, sim e sim. Esse livro me deixou em choque.
Eu sabia o que iria acontecer lá no fim (eu vi o filme antes de ler o livro e eu não sou poser HAHA). Mas, mesmo assim eu consegui ficar emocionalmente "abalado".
E por isso eu achei melhor esquecer um pouco do livro antes de vir escrever essa resenha.

RESENHA   

Minha edição é aquela de capa branca. Se não me engano é a edição limitada. O livro é lançado pela editora Rocco e a  edição tem 472 páginas.

P.S. : Essa resenha será extremamente superficial, pois caso dê muitos detalhes acabarei por "soltar" alguns spoilers. 

Esse é o 6 volume da saga Harry Potter escrita pela autora inglesa J. K. Rowling.
Como todos já sabem, Harry Potter é um garoto que em um de seus aniversários descobre-se bruxo e que fora destinado a uma vaga na escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Chegando no mundo bruxo Harry percebi que é muito mais de mais um simples estudante. Nesse mundo ele é famoso.

Lá em Hogwarts ele viveria em paz e segurança. Certo? ERRADO.

Hogwarts é tudo, menos um lugar seguro. Harry teve de enfrentar um trasgo, um basilisco, um lobisomem, o próprio Lorde das Trevas, vários comensais da morte e nesse volume... A coisa desanda por completo!!!

Tudo começa com um diálogo entre  o Ministro da Magia e o Primeiro Ministro dos Trouxas. Alguns assassinatos estariam causando pânico nos trouxas e a origem desses assassinatos supostamente teriam uma origem bruxa. Logo, o primeiro capítulo já nos traz um acontecimento preocupante e que deixa o leitor alarmado.

Depois disso, a Narcisa Malfoy e a Bellatrix Lestrange se dirigem a casa do Professor Snape obrigando-o a realizar um "voto perpétuo" em favor do Jovem Draco Malfoy. Tal juramento fora necessário devido a um certo "serviço" que Lord Voldemort impusera ao Draco... Esse "serviço" só nos é revelado lá pro meio do livro. Então leiam o livro pra saber HAHA.

Após todos esses acontecimentos Harry e seu tutor, o porfessor Albus Dumbledore vão encontrar en tentar convencer o professor Slughorn a voltar a lecionar em Hogwarts pois esse professor teria a chave para derrotar o Lord Voldemort.

Na escola as coisas andam um pouco mais fáceis para Harry, porque nesse volume todos passam a acreditar naquilo que Dumbledore e Harry estavam defendendo. No entanto, o Professor Dumbledore decide que Harry terá de ter aulas particulares com ele para conhecer a vida de Lord Voldemort. 
E é exatamente aí que os acontecimentos mais triste e sufocantes do livro acontecem.

Esse livro é marcado por certas revelações e nos traz uma batalha arrepiante entre Comensais da Morte e membros da Ordem da Fênix. Como já disse, para mim, esse é o melhor livro de toda a saga. Recomendo a leitura.  

Edições publicada no Brasil pela editora Rocco

MINHA OPINIÃO

O livro é incrível.
Eu sou um tanto suspeito pra falar de Harry Potter visto que essa é a minha saga favorita.
Esse livro só tem um defeito: Ele acaba. 
Fora isso tá tudo tranquilo. rsrs

Um coisa que aconteceu comigo foi me sentir desesperado com o final. Uma certa pessoinha morre e esse acontecimento me deixou parado por horas olhando o livro sem ter coragem de continuar. Eu já sabia que essa pessoa morria, mas no livro a coisa muda. 

O livro é cheio de ação e muito envolvente.

Os sete volumes da saga.

FILME X LIVRO

Esse é o meu segundo filme favorito da saga. O primeiro é o Prisioneiro de Azkaban. 
Mas muitas partes do livro foram cortadas na adaptação. E acho que esse é o único defeito do filme. 
As duas partes cortadas que não me agradaram foram o funeral de um certo personagem e quando o Dumbledore nos conta a vida dos ancestrais do Lord das Trevas. 
Mas no geral eu também gostei do filme. 

Poster do filme lançado em 2009. 
OBS.: Imagens encontradas no google com pequenas adaptações feitas pelo autor da postagem. 
                                              
                                           Então era isso pessoal. Até a próxima!   


terça-feira, 8 de julho de 2014

Conto inédito do universo Harry Potter é lançado pela J. K. Rowling.

Por meio de um artigo de Rita Skeeter, J. K. Rowling lança um novo conto de Harry Potter.

Harry reaparece com membros da Armada Dumbledore...  


Já viram que surpresa magnífica a J. K. Rowling nos deu?
Hoje ela publicou no  Pottermore.com  um artigo com um novo conto de Harry Potter escrito sobre a visão da Jornalista Rita Skeeter.
No texto, Rita demonstra toda a "sinceridade" típica dela. Nos fala dos primeiros cabelos brancos do Harry e do relacionamento dos personagens. O texto ainda nos traz personagens como o Viktor Krum e vários membros da AD.

CONFIRAM A TRADUÇÃO DO CONTO:



ARMADA DE DUMBLEDORE REUNIDA PARA 
FINAL DA COPA MUNDIAL DE QUADRIBOL

Escrita pela correspondente de fofocas do Profeta Diário, Rita Skeeter

Existem celebridades – e existem celebridades. Vimos muitas caras famosas do mundo bruxo a nos agraciar aqui no Deserto da Patagônia – Ministros e Presidentes, Celestina Warbeck, a banda controversa americana The Bent-Winged Snitches – todos causaram urros de excitação, com membros da multidão se espremendo para conseguir autógrafos e até lançando Encantamentos de Ponte para alcançar as alas Vips acima das cabeças na plateia.

Mas quando a palavra se espalhou no acampamento e estádio que uma certa turma infame de bruxos (não mais aqueles adolescentes de rosto jovem que tinham no seu apogeu, porém ainda reconhecíveis) tinha chego para a final, a excitação foi além de tudo já visto. Enquanto a multidão se debandava para encontrá-los, as tendas se esvaziavam e as crianças pequenas mal se continham. Fãs de todos os cantos do mundo se espremeram na área onde diziam que os membros da Armada de Dumbledore estavam, desesperados para ter um vislumbre do homem que eles ainda chamam de O escolhido.

A família Potter e o resto da Armada de Dumbledore ganharam acomodações na seção VIP do acampamento, que é protegida por encantos pesados e patrulhada por bruxos-seguranças. A presença deles acarretou numa multidão, todos ali com esperança de ver seus heróis. Às 15 horas do dia de hoje, eles ganharam o que queriam, quando Potter levou seus filhos James e Albus para visitar o complexo onde ficam os jogadores, onde ele apresentou-os ao apanhador búlgaro Viktor Krum.

Prestes a completar 34, existem alguns fios cinzas no famoso cabelo negro do auror, mas ele continua usando seus distintos óculos redondos que alguns podem dizer que caem melhor numa criança de 12 sem estilo. A famosa cicatriz de raio tem companhia: Potter agora tem corte feio acima de sua bochecha direita. Pedidos de mais informações sobre a proveniência meramente produzem a resposta de sempre do Ministério da Magia: “Nós não comentamos sobre as missões super secretas do Departamento de Aurores, como já falamos 514 vezes, sra. Skeeter.” Então o que eles estão escondendo? Estaria o Escolhido enredado em mistérios que podem um dia explodir todos nós, mergulhando-nos numa nova era de terror e mutilação?

Ou será que essa ferida tem uma origem mais humilde, uma que Potter está desesperado para esconder? Será que talvez sua esposa o amaldiçoou? Será que rachaduras estão começando a aparecer numa união que os Potters estão determinados a promover como feliz? Será que devemos interpretar algo no fato de sua mulher Ginevra estar perfeitamente contente ao deixar seu esposo e filhos em Londres enquanto treina para a Copa? Ninguém sabe se ela realmente tem o talento ou experiência necessários para ser mandada para a Copa Mundial de Quadribol (sabemos sim – Não tem!!), mas vamos encarar, quando seu sobrenome é Potter, portas se abrem, confederações esportivas internacionais se curvam em reverência e editores do Profeta Diário te dão destaques na capa.

Como seus fãs devem se lembrar, Potter e Krum competiram um contra o outro no polêmico Torneio Tribruxo, mas aparentemente não guardam nenhum ressentimento, já que se abraçaram quando se viram (o que aconteceu naquele labirinto? É tentador especular, dado o quão caloroso foi o cumprimento dos dois). Depois de meia hora conversando, Potter e seus filhos retornaram para o acampamento, onde socializaram com o resto da Armada Dumbledore até a noite.

Na tenda ao lado estão os amigos mais próximos do Potter, aqueles que sabem tudo sobre ele, mas sempre se recusaram a falar com a imprensa. Estão eles com medo, ou são os próprios segredos deles que eles temem que sejam vazados, manchando a lenda criada em torno da derrota Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado? Atualmente casados, Ronald Weasley e Hermione Granger estiveram com Harry Potter em quase todos os momentos de sua trajetória. Como o resto da Armada de Dumbledore, eles lutaram na Batalha de Hogwarts e sem dúvidas merecem os aplausos e medalhas por sua bravura dados a eles pelo mundo bruxo.

Logo após o fim da batalha, Weasley, cujo famoso cabelo ruivo parece ligeiramente mais rareado, também conseguiu um emprego no Ministério da Magia junto com seu melhor amigo, mas saiu dois anos depois para co-gerenciar o altamente bem-sucedido empório de piadas e truques bruxos, o Gemialidades Weasley. Estaria ele, como falou na época “feliz por ajudar meu irmão Jorge num negócio que eu sempre amei”? Ou ele se encheu de ficar sempre à sombra de seu amigo Potter? Será que o trabalho no Departamento de Aurores foi muito para um homem que admitiu que a destruição das Horcruxes Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado o deixou “profundamente mal”? Dessa distância, ele não mostra nenhum sinal óbvio de doença mental, mas o público não pode olha-lo de mais perto para poder tirar suas próprias conclusões. Isso não é suspeito?

 Hermione Granger, obviamente, sempre foi a femme fatale do grupo. Reportagens da época revelaram que, quando adolescente, ela brincou com o coração de Potter antes de ser seduzida pelo musculoso Viktor Krum, e finalmente namorando com o fiel companheiro de Potter. Depois de uma carreira meteórica que a tornou Chefe do Departamento de Execução de Leis Magicas, ela agora está inclinada a ir ainda mais alto no Ministério, e também é mãe de Hugo e Rose. Será que Hermione provou que uma bruxa pode ter tudo (Não – olhem seu cabelo.)?

Além disso, temos aqueles membros da Armada de Dumbledore que receberam ligeiramente menos publicidade que Potter, Weasley e Granger (estariam eles ressentidos? Quase que com certeza.) Neville Longbottom, agora um professor muito popular de Herbologia na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria, também está aqui na Patagonia com sua esposa Hannah. Até recentemente, o casal vivia no Caldeirão Furado em Londres, mas boatos afirmam que Hannah não apenas foi treinada para Curadora, como também está se candidatando à vaga de enfermeira em Hogwarts. Fofocas sugerem que ela e seu marido gostam de Whisky de Fogo mais do que esperaríamos de pessoas que cuidam de nossas crianças, mas sem dúvidas esperamos que ela tenha sorte na sua empreitada.

Por último entre os principais membros da Armada de Dumbledore, temos, obviamente, Luna Lovegood (agora casada com Rolf Scamander, neto do aclamado Magozoologista Newt). Ainda encantadoramente excêntrica, Luna anda pra lá e pra cá na seção VIP com hobbies compostos com as cores de todos os 16 países qualificados. Seus gêmeos estão “em casa com seu avô”. Seria esse um eufemismo para “Muito perturbados para serem vistos em público”? Certamente alguém mais rude poderia sugerir isto.

Diversos outros membros da Armada estão aqui, mas é entre esses seis que os holofotes brilham mais forte. Onde quer que uma cabeça vermelha esteja, alguém pode deduzir que pertença a um Weasley, mas é difícil de dizer se é de Jorge (endinheirado co-fundador do Gemialidades Weasley), Carlinhos (domador de dragões, ainda solteiro – porque?) ou Percy (Chefe do Departamento de Transportes Mágicos – é sua culpa que a rede Flu está tão congestionada!). O único fácil de indentificar é o Gui que, pobre homem, é gravemente desfigurado depois de seu confronto com um lobisomem e, mesmo assim (encantamento? Poção do amor? Chantagem? Sequestro?) é casado com a inegavelmente deslumbrante (porém sem dúvidas cabeça-de-vento) Fleur Delacour.

Provavelmente veremos esses e outros membros da Armada de Dumbledore nos camarotes Vip’s no final da Copa, contribuindo para o glamour do evento. Vamos torcer para que o comportamento de dois de seus jovens herdeiros não causem embaraço para eles, trazendo vergonha para aqueles que honraram seu sobrenome bruxo.

É sempre complicado invadir a privacidade de adolescentes, mas a verdade é que qualquer um próximo de Harry se beneficia e precisa pagar com a pena de despertar interesse do público. Sem dúvidas, Potter vai ficar triste em saber que seu afilhado de 16 anos Teddy Lupin – um esguio meio-lobisomem com cabelo azul-brilhante – está se comportando de um jeito que prejudica a realeza bruxa desde que chegou no acampamento VIP. Talvez seja pedir demais que o sempre ocupado Potter eduque seu selvagem afilhado com uma rédea mais curta, educação que foi confiada à ele pelos pais do garoto antes de morrerem, mas estremecemos só de  pensar no que pode acontecer caso o Lupin não sofra uma intervenção urgente. Enquanto isso, O senhor e a senhora Gui Weasley talvez fiquem felizes em saber que sua linda e loira filha Victoire parece se sentir atraída para qualquer canto escuro que Lupin esteja enfiado. A boa notícia é que ambos parecem ter inventado um método de respirar por suas orelhas. Não consigo pensar em outra maneira deles conseguirem ter sobrevivido por tempos tão prolongados de, como diziam na minha época, ‘amassos’.


Mas não sejamos severos! Harry Potter e seus companheiros nunca disseram que eram perfeitos! E para aqueles que querem saber exatamente o quão imperfeitos eles são, minha nova biografia: Armada de Dumbledore: O lado negro dos soldados dispensados estará disponível em 31 de Julho.

Tradução encontrada no site: http://goo.gl/7upGNN 

Então pessoal, acham que vai vim novo livro por aí? 
Esse final do texto me deu essa impressão... Vamos esperar pra ver, né? 
Tomara haha
Abraços e boas leituras para todos.
Abençoados sejam!!! 

domingo, 6 de julho de 2014

Apocalipse por Augusto dos Anjos.


Fala ae leitores. Com estão?
Nesse domingo de Julho lhes traga uma tocante e agoniante poesia de Augusto dos Anjos.

O nome do poema é Apocalipse.
Não penso que faça uma alusão direta aos acontecimentos descritos no livro bíblico das revelações de João.
O Apocalipse do qual Augusto dos Anjos nos fala, para mim, é mais relacionado ao Apocalipse interno. No primeiro verso ele diz "Minha divinatória Arte ultrapassa". Esse "minha" delineia o que penso dessa poesia.
E Augusto prossegue a dizer o que sente e o que pensa. Ele Desce, crê, entra e vive. 
Deliciem-se com esse ótimo poema desse grande Poeta.
Abraços e até mais.

Apocalipse

Minha divinatória Arte ultrapassa
os séculos efêmeros e nota
Diminuição dinâmica, derrota
Na atual força, integérrima, da Massa.

É a subversão universal que ameaça
A Natureza, e, em noite aziaga e ignota,
Destrói a ebulição que a água alvorota
E põe todos os astros na desgraça!

São despedaçamentos, derrubadas,
Federações sidéricas quebradas…
E eu só, o último a ser, pelo orbe adeante,

Espião da cataclísmica surpresa
A única luz tragicamente acesa
Na universalidade agonizante!
Ceticismo

Desci um dia ao tenebroso abismo,
Onde a Dúvida ergueu altar profano;
Cansado de lutar no mundo insano,
Fraco que sou, volvi ao ceticismo.

Da Igreja- A Grande Mãe- o exorcismo
Terrível me feriu, e então sereno,
De joelhos aos pés de Nazareno
Baixo rezei, em fundo misticismo:

- Oh! Deus, eu creio em ti, mas me perdoa!
Se esta dúvida cruel que me magoa
Me torna ínfimo, desgraçado réu.

Ah, entre o medo que o meu Ser aterra,
Não sei se viva para morrer na terra,
Não sei morra pra viver no Céu.

- Augusto dos Anjos

quarta-feira, 2 de julho de 2014

#O que vou ler em: Julho de 2014


Fala ae gente.
Como vocês estão?
Hoje postarei sobre as minhas futuras leituras e também sobre as que estou lendo.
Eu separei 5 livros para tentar ler nesse mês.
Assim que ler eu fala o que achei do livro e se possível eu farei uma resenha separada para cada livo. Ok?

Então, vamos aos livros.

1. 

Esse eu já estou lendo e a leitura esta muito boa... Não tinha como ser diferente, afinal é Machado de Assis.

2.

Enfim eu vou terminar de ler Percy Jackson... Vamos ver o fim dessa saga. Já comprei até o primeiro livro da outra saga de Percy Jackson... 

3. 


Já estou no finzinho de A Grande Rainha, e o segundo livro consegui ser melhor que o primeiro. As Brumas de Avalon é amor. Muito bom...

4.


Esse eu tô guardando para o fim do mês. Irei ler em uma viagem que vou ter de fazer.

5.


E esse eu tô quase no fim, acho que hoje eu termino. Quando terminar farei uma resenha pra vocês. 

Todos os livros juntos:

Então, era isso pessoal.
Até a próxima!!!

terça-feira, 1 de julho de 2014

#Leituras do Mês: Junho de 2014


Olá leitores.
Vamos a mais um resumo das minhas leituras nesse mês?
Então, esse mês eu li 6 livros, o que é relativamente bom. Considerando que meu tempo esta meio corrido rs.
Desse 6 livros, apenas um foi emprestado pelo meu professor de Filosofia que foi o livro 1808.
Os outros eu tinha e colocarei as fotos...
Vamos aos livros.

Então, eu comecei o mês lendo 1808 do Laurentino gomes e logo depois eu comprei os outros que estão aqui esperando para serem lidos. 1808 fala dos acontecimentos que envolveram a vinda da corte portuguesa para o brasil e as consequências dessa vinda. É um livro bem interessante para quem curte história.


Em seguida eu li o melhor livro do mês que foi o A menina que roubava livros. Não fiz resenha, porque a grande maioria já conhece a história. Só posso dizer que gostei muito do que li. O livro é incrível, incrível e incrível. 

Depois de 1808 eu li o livro O Demônio e a Srta. Prym do Paulo Coelho do qual já fiz resenha. (Confira aqui). Lá eu falo direitinho do que o livro fala. 


Depois dele eu li o livro O meu pé de laranja lima do José Mauro de Vasconcelo que também já fiz uma resenha. (Confira aqui).


Daí eu li o 12 anos de Escravidão um relato biográfico que nos conta a trajetória Solomon Northup e de seus 12 anos como um escravo. Assim que assistir o filme eu venho e falo sobre o que achei do livro e do filme. 

E por último eu li o incrível Harry Potter e o Enigma do príncipe, desse eu já fiz uma resenha, mas tô com vergonha de postar asuhuashua. Vocês não tem ideia de como foi difícil ler o livro. Eu não queria que acabasse e queria terminar aquela agonia de ler a Jo matando pessoas que... Ai meu Deus.
Confiram a resenha quando eu enfim postar!


Todos os livros juntos: (*menos 1808 que não tenho).


Então era isso.
Até a próxima e tchau. 




#Book Haul: Junho de 2014


Boa Noite leitores, como vão?
Hoje eu trago um resumo das compras que fiz no mês de Junho.
"Tipo" um Book Haul  rsrs.

Nesse mês entraram na minha estante 5 livros. Comprei livros no Submarino, na Saraiva e na Estante Virtual.
Os livros da Submarino eu ganhei do meu pai e o da Estante Virtual do meu tio, então só comprei mesmo o da Saraiva. rs
Mas eu sabia os preços dos livros, até porque fui eu que peguei os boletos.
No total  os livros saíram por 47 reais. O que não achei um exagero.

Mas, vamos aos livros...
Eu comprei:
                      

Os primeiros livros que chegaram aqui foram esses. Eu comprei os dois na Saraiva.
Eu já fiz resenha de O meu pé de laranja lima (Confira aqui) e assim que ler o Capitães de Areia do Jorge Amado eu também farei uma resenha.


Esse foi o outro livro que chegou, esse foi comprado na Estante Virtual e acho que custou 12 reais. 
Memórias póstumas de Bras Cubas era um livro que queria ler já faz tempo. Daí eu vi que a Abril havia publicado esse livro nessa edição bonita e não me aguentei e comprei. Assim que ler eu falo o que achei. 


E por último, mas não menos importante, eu comprei o livro A estrada da Noite do Joe Hill e Religião para Ateus do Alain de Botton. Esses eu comprei em uma daquelas promoções malucas do submarino e não me saíram nem por 15 reais. Eu confesso que estou bem ansioso para ler o livro do Botton, porque o tema me chama bastante atenção. Quando ler, falarei o que achei para vocês...

Então foi isso, 
Até a próxima.